Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As 48 Leis do Poder

Baseado no livro de Robert Greene

As 48 Leis do Poder

Baseado no livro de Robert Greene

Lei 32: Desperte a Fantasia dos Outros

03.03.20

Pessoas mascaradas - Desperte a Fantasia dos Outros

Em geral evita-se a verdade porque ela é feia e desagradável. Não apele para o que é verdadeiro ou real se não estiver preparado para enfrentar a raiva que vem com o desencanto. A vida é tão dura e angustiante que as pessoas capazes de criar romances ou invocar fantasias são como um oásis no meio do deserto: todos correm até lá. Há um enorme poder em despertar a fantasia das pessoas.

Grande é o poder das fantasias que se enraízam em nós, especialmente em tempos de escassez e declínio. As pessoas raramente acreditam que os seus problemas surjam dos seus próprios erros e estupidez. Alguém ou algo fora é sempre o culpado - o outro, o mundo, os deuses - e assim a salvação também vem de fora.

Para ganhar poder, deve ser uma fonte de prazer para aqueles que o rodeiam - e o prazer vem de brincar com as fantasias das pessoas. Nunca prometa uma melhoria gradual através de trabalho duro; prometa antes a lua, uma grande e rápida transformação, o pote de ouro.

Ao procurar a fantasia que tomará conta das massas, fique de olho nas verdades banais que pesam sobre as pessoas. Nunca se distraia com o retrato glamoroso das pessoas e das suas vidas; procure o que realmente as aprisiona. Depois de descobrir, tem a chave mágica que colocará grande poder em suas mãos.

Embora os tempos mudem, de seguida examinam-se algumas das realidades opressivas que perduram e as oportunidades de poder que proporcionam.

Realidade e fantasia n.º 1

A realidade: a mudança é lenta e gradual. Exige muito trabalho, um pouco de sorte, bastante sacrifício e muita paciência.

A fantasia: Uma transformação repentina trará uma mudança total para melhor de alguém, ignorando a necessidade de trabalho, sorte, autossacrifício e o tempo para o conseguir.

  • Prometa uma mudança grande e total - de pobre para rico, da doença para a saúde, da miséria para o êxtase - e terá seguidores.

Realidade e fantasia n.º 2

A realidade: a esfera social possui códigos e limites rígidos. Entendemos estes limites e sabemos que precisamos nos mover dentro dos mesmos círculos familiares, dia após dia.

A fantasia: Podemos entrar num mundo totalmente novo com códigos diferentes e a promessa de aventura.

  • Para trazer poder, a fantasia deve permanecer até certo ponto não realizada, literalmente irreal.

Realidade e fantasia n.º 3

A realidade: A sociedade é fragmentada e cheia de conflitos.

A fantasia: As pessoas podem-se unir numa união mística de almas.

  • Prometa tal união e poderá ganhar muito poder, mas trata-se de um poder perigoso que pode facilmente voltar-se contra si. É uma fantasia para o demagogo brincar.

Realidade e fantasia n.º 4

A realidade: A morte, porque os mortos não podem ser trazidos de volta. O passado não pode ser mudado.

A fantasia: Uma repentina reversão deste fato intolerável.

  • Algo parece real precisamente porque o público e os especialistas também querem desesperadamente acreditar que é.

Lembrete: A chave da fantasia é a distância. O distante tem fascínio e garantia parece simples e sem problemas. O que está a oferecer, então, deve ser inacessível. Nunca deixe se tornar opressivamente familiar; é a miragem à distância, afastando-se sempre que o otário se aproxima. Nunca seja muito direto ao descrever a fantasia - mantenha-a vaga. Como falsificador de fantasias, deixe a sua vítima chegar perto o suficiente para ver e ser tentada, mas mantenha-a longe o suficiente para que ele continue sonhando e desejando.

ADVERTÊNCIAS

Fantasias mirabolantes podem ser perigosas se as pessoas perceberem que estão a ser enganadas. Para evitar isto, mantenha as suas histórias e promessas vagas e evite chegar perto de um ponto em que se espera produzir algo concreto.

Exceções à lei

A fantasia geralmente contém um elemento de jogo - metade do público percebe que está sendo enganada, mas mantém o sonho vivo de qualquer maneira, saboreando o entretenimento e o desvio temporário do dia-a-dia que está a oferecer. Portanto, mantenha a luz - nunca chegue muito perto do local em que realmente deve produzir resultados. Este lugar pode ser extremamente perigoso.