Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

As 48 Leis do Poder

Baseado no livro de Robert Greene

As 48 Leis do Poder

Baseado no livro de Robert Greene

Lei 14: Finja ser Amigo, Aja Como Espião

21.03.20

Mulher com binóculos - Finja ser Amigo, Aja Como Espião

Conhecer o seu rival é importantíssimo. Use espiões para reunir informações preciosas que o colocarão um passo à frente. Melhor ainda: represente você mesmo o papel de espião. Em encontros sociais, aprenda a sondar. Faça perguntas indiretas para conseguir com que as pessoas revelem os seus pontos fracos e intenções. Todas as ocasiões são oportunidades para uma ardilosa espionagem.

6 dicas sobre a arte de espiar

  1. Posicione-se como amigo enquanto coleta informações em segredo.

- As pessoas vão pensar que gosta realmente delas e confundem o seu interesse com amizade.

  1. Aprenda a possuir a capacidade de suprimir os seus pensamentos em conversa.

- Fale apenas quando necessário.

  1. Aprenda a fazer os outros falarem sobre si mesmos.

- Revelarão inadvertidamente as suas intenções e planos.

  1. Organize reuniões sociais com pessoas que está interessado em conhecer.

- É quando a guarda da maioria das pessoas cai.

  1. Agite as emoções das pessoas, contradizendo-as.

- Neste estado emocional, as pessoas revelarão todo o tipo de verdades sobre si mesmas, que poderá usar posteriormente contra elas.

  1. Faça uma confissão falsa.

- Fingindo revelar o seu coração a outra pessoa, aumenta a probabilidade do outro revelar os próprios segredos.

- Também pode servir para fazer um teste para ver se pode confiar na outra pessoa com um segredo, revelando o seu verdadeiro caráter, lealdade e honestidade.

- Este tipo de conhecimento é geralmente o mais valioso para prever ações futuras.

5 razões para colocar secretamente os funcionários dos seus clientes na sua folha de pagamentos

  1. Obterá informações valiosas.
  2. Conhecerá as suas manobras, mudanças de atitude e outras informações que não têm preço.
  3. Parecerá que sabe tudo porque estará um passo à frente da concorrência.
  4. O conhecimento da sua marca pode fazê-lo encantador, para antecipar os desejos dos seus clientes.
  5. Ninguém vê a fonte do seu poder, e o que não se pode ver, não se pode lutar.

Os riscos de contratar espiões:

  • Tem pouco controlo sobre as pessoas que estão a fazer o trabalho.
  • Podem expor ineptamente a sua espionagem.
  • Podem secretamente voltar-se contra si.

ADVERTÊNCIAS

  • As pessoas podem começar a suspeitar que está a esconder segredos sob o pretexto de conversar.
  • A busca de informações não pode ser muito óbvia.
  • As perguntas de sondagem poderão revelar mais sobre si e as suas intenções do que as informações que espera encontrar.
  • As informações são essenciais para o poder, mas assim como espiona outras pessoas, deverá estar preparado para o espionarem.
Exceções à lei

Uma das armas mais potentes na batalha por informações é fornecer informações falsas. Ao alimentar as pessoas com informações erróneas, obtém uma grande vantagem. Enquanto a espionagem dá-lhe um terceiro olho, a desinformação apaga um dos olhos do seu oponente.